E-commerce: descubra como montar um gastando pouco

Tempo de leitura: 14 minutos

Você deseja empreender, ouviu falar que o e-commerce possui inúmeras vantagens para o empreendedor, por isso cogitou a possibilidade de montar o próprio negócio através da internet?

Se a sua resposta for sim, é natural que você queira saber se abrir um empreendimento dessa forma dependerá de um grande investimento financeiro.

De antemão, saiba que muitos dos futuros empreendedores, ao optar pelo mercado digital, sem o devido conhecimento, acabam por ter esse tipo de dúvida.

E, geralmente, isso é o suficiente para fazer com que desistam dessa opção ou até mesmo de empreender.

Além disso, há também um receio quanto ao negócio ser altamente tecnológico, pois muitos acreditam que para abrir um e-commerce precisam dominar a tecnologia, saber programar, etc.

E não é bem por aí. Afinal, ao ter acesso às informações necessárias para uma tomada de decisão assertiva, você poderá não só montar um negócio online como faturar muito mais do que em um ambiente tradicional.

Tudo isso tendo a tecnologia como a sua aliada.

Dito isso, se você deseja ter acesso há uma maior quantidade de futuros clientes, desfrutar de agilidade, segurança, economia e mais tempo disponível para focar naquilo que realmente importa, atende-se aos tópicos que a Soluzzi selecionou para você a seguir:

  • O que é e-commerce?
  • E-commerce: por que é possível gastar pouco ao montar um?
  • Como montar um e-commerce?
  • E-commerce: um cenário com inúmeras oportunidades
  • Conheça a Soluzzi!

O que é e-commerce?

E-commerce é basicamente o comércio tradicional no ambiente virtual. Em tradução literal, significa comércio eletrônico. Com as inovações tecnológicas, a facilidade de realizar transações de compra e venda, de distribuição de produtos e/ou serviços não só entre localidades de um país, mas em todo mundo, possibilitou o surgimento desse novo formato.

Imagine a seguinte situação: você possui um produto ou serviço, faz o anúncio em uma plataforma digital (site, rede social, etc) e pessoas do mundo inteiro poderão avaliar se aquele anúncio atenderá às necessidades delas.

Em um ambiente tradicional, você sabe que há um limite de pessoas que poderão ter acesso a sua oferta.

Afinal, o seu negócio ficará restrito a sua localidade ou região.

Por isso, fazer uso das inovações tecnológicas surtirá um impacto considerável para o seu empreendimento, seja no aumento da exposição da oferta do produto/serviço para um maior número de pessoas, na sua economia, pois o valor gasto para divulgação do produto no meio digital é mais econômico que no tradicional, e na sua vida, pois poderá ter mais tempo para você.

E-commerce: por que é possível gastar pouco ao montar um?

o que é e-commerce

Se você deseja descobrir quais os principais motivos que fazem um e-commerce ser muito mais barato do que o negócio tradicional e como montar um de forma econômica, prepare-se, pois vou lhe mostrar quais são.

Veja a seguir:

O estoque não exige um grande investimento

Montar um e-commerce possui algumas vantagens, mas, dentre elas, uma que causa bastante impacto no começo da jornada de um empreendedor digital é a economia no investimento para a aquisição do estoque.

Isso ocorre por um motivo simples: ao abrir e-commerce, você poderá fazê-lo da sua própria casa.

E isso colabora demais para a redução do custo fixo com o aluguel de um imóvel destinado ao negócio.

Não há necessidade de uma equipe para começar

Devido ao e-commerce ser uma inovação tecnológica, ele permite que você realize um processo enxuto na execução das atividades do seu empreendimento. 

Ou seja, permite que você toque a empresa por conta própria na fase inicial.

E isso só é possível, justamente, por conta de processos de automação oriundos da tecnologia — onde as atividades ocorrem de forma automatizada e integrada.

Esse processo será indispensável principalmente na fase inicial do seu negócio, pois costuma ser a etapa onde o empreendedor digital não possui muitos recursos financeiros.

Além disso, escolher uma contabilidade digital parceira lhe permitirá tomar decisões inteligentes e promover economia para seu comércio eletrônico.

A operação pode começar de forma enxuta

Como foi exposto anteriormente, a operação poderá ser enxuta por conta da tecnologia.

E, a cada dia que passa, inúmeros processos repetitivos, antes realizados com a utilização de mão-de-obra, o que tornava a realização da atividade custosa e demorada, agora, são automatizados.

Isso se reflete na sistematização dos serviços que o empreendedor digital que atua através do e-commerce deverá utilizar no seu negócio — focando assim, cada vez mais, na sua atividade principal, que é a venda do produto e/ou serviço a ser prestado.

Observação: esse conceito de negócio enxuto é muito bem abordado no livro Startup Enxuta do autor Eric Ries.

Agir dessa forma permitirá uma maior flexibilidade para você, pois, caso seja a sua primeira tentativa no universo do empreendedorismo, saiba que não precisará largar o emprego, em um primeiro momento, para poder montar o seu próprio empreendimento.

Como montar um e-commerce?

e-commerce

Se você deseja montar um e-commerce gastando pouco, alguns pontos necessitam ser colocados em prática.

Portanto, a seguir, descubra-os e saiba o porquê eles são indispensáveis para você montar o seu empreendimento de forma simples, econômica e rápida.

Planejamento

Independentemente do negócio, seja tradicional ou digital, fazer um planejamento é uma prática que independe do modelo do negócio.

Assim, planejar, organizar, direcionar, e controlar processos na sua jornada empreendedora em busca do sucesso desejado é imprescindível.

Em um planejamento, objetivos e metas são estabelecidos para o alcance do seu sonho, enquanto empreendedor.

E, além disso, algumas divisões devem ser estabelecidas em um planejamento, tais como: estratégica, tática e operacional.

São elas que lhe permitirão ter um direcionamento quanto à abertura do e-commerce no Brasil e, consequentemente, a mensuração do plano de ação definido.

Custos operacionais

Para que o seu negócio possa vir a funcionar, você deverá fazer um investimento inicial mínimo.

E, além disso, analisar os custos operacionais, gastos associados diretamente ao desenvolvimento do produto e/ou execução do serviço estrategicamente.

Nesse caso, são 3 os principais assuntos associados aos custos que você deverá ter uma atenção especial:

  • Estoque Inicial: basicamente, se refere a quantidade de produtos que você precisará adquirir para realizar a sua atividade (venda de produtos e/ou serviços) inicialmente em um determinado período. Vale ressaltar que, se você deseja um comércio só de produtos, o ideal é que separe cerca de 30% a 40% do seu capital especificamente para isso;
  • Estrutura Inicial: nesse caso, saiba que o recomendado é investir de 5% a 20% na estruturação do seu e-commerce. Assim, isso quer dizer que você deverá utilizar esse investimento na contratação de uma plataforma digital para o seu comércio eletrônico, uma ERP (Enterprise Resource Planning/Sistema de Gestão Integrado) e formalização jurídica do seu negócio;
  • Capital de Giro: esse capital possui extrema importância para o funcionamento do seu e-commerce. Por isso, boa parte do seu investimento deve estar direcionado para ele. Não é recomendação de percentual exato, pois pode variar de negócio para negócio. Para calculá-lo, você precisará saber as vendas realizadas a prazo e também o prazo de pagamento para fornecedores.

Agora, se após tudo isso você ainda tiver receio quanto ao abrir o seu e-commerce no Brasil, saiba que há um mar de oportunidades para consolidar o seu negócio eletrônico.

Confira no próximo tópico!

E-commerce: um cenário com inúmeras oportunidades

A verdade é uma só: o e-commerce representa a nova economia, e chegou para ficar.

Assim, estar inserido no meio eletrônico é indispensável.

Isso me faz lembrar da seguinte expressão que há no mundo virtual: se você não aparece no google, você não existe!

E é a mais pura verdade pois, hoje em dia, se você deseja conquistar clientes, aumentar seu faturamento e consolidar o seu empreendimento, você precisa ter presença digital.

E, ao empreender, uma das melhores formas disso acontecer é através da criação do seu e-commerce.

Com toda essa convergência para o meio digital, não aderir ao movimento, é jogar contra si próprio.

Só para você ter uma ideia: no último trimestre do ano de 2020, conforme o relatório do Neotrust, o Brasil bateu recorde de pedidos em comércio eletrônico.

Foram cerca de 301 milhões de compras. Esse número representa um aumento de 68,5% em relação ao ano anterior (2019).

Entretanto, para poder aproveitar esse cenário, é necessário tomar decisões assistivas.

E, para isso, você necessitará de informações seguras que lhe permitirão decidir rapidamente e, assim, aproveitar as oportunidades.

Dessa forma, você conseguirá alcançar as suas metas e objetivos traçados quanto a abertura de um e-commerce no Brasil.

Portanto, se deseja facilitar a sua tomada de decisão, se posicionar no ambiente digital com segurança e desfrutar das vantagens com paz de espírito, descubra o que a Soluzzi tem de especial para compartilhar contigo!

Conheça a Soluzzi!

O processo de abertura de um empreendimento, seja ele qual for, demanda alguns cuidados.

Apesar das diferenças entre e-commerce e negócios tradicionais, a abertura de qualquer empresa é uma tarefa que exige muita atenção.

Por isso, a melhor decisão para se tomar nessas horas é justamente buscar por uma equipe especialista e parceira nesse assunto.

Afinal, ninguém merece ter dor de cabeça, perder noites de sono e deixar de realizar os objetivos por conta de uma má escolha, decorrente de falta de transparência, segurança e agilidade nas informações, não é mesmo?

A contabilidade digital atua como um médico para a sua empresa, pois consegue diagnosticar qualquer problema relacionado à saúde da mesma e também sugerir ações preventivas para que seu empreendimento não seja surpreendido negativamente com acontecimentos inesperados.

Dito isso, se você deseja saber mais sobre como abrir o seu e-commerce no Brasil, desfrutar de economia e paz de espírito a partir de hoje, não perca tempo, clique no botão logo abaixo e descubra como tornar tudo isso possível!

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Nossos endereços

Matriz:
R. Jose Gonçalves de Moraes, 153
João Berbel III – Cravinhos/SP
Cep: 14140-000
CRC: 2SP041251/O-0

Filial:
R. José Leal, 549
Alto da Boa Vista – Ribeirão Preto/SP
Cep: 14025-260
CRC: 2SP043269/O-4

Não deixe seu negócio sem uma CONTABILIDADE ESPECIALIZADA

Solicite uma proposta agora!