Como ser um afiliado digital: o que você precisa saber sobre a profissão do futuro

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Se empreendedorismo e tendências digitais são assuntos que estão no seu radar, certamente você já ouviu falar sobre o mercado de infoprodutos digitais. Muitas pessoas estão cada vez mais interessadas nesse segmento, mas várias dúvidas ainda rondam o tema. É por isso que antes de entender como ser um afiliado digital, você precisa ficar por dentro de alguns conceitos importantes. Vamos lá?

O que é um afiliado digital?

O papel de um afiliado digital é como de um vendedor. Esse profissional indica produtos digitais feitos por outras pessoas – os produtores digitais- e, consequentemente, recebe comissões pelas vendas realizadas.

Saiba também: produtores digitais são especialistas em um determinado assunto e que têm interesse em distribuir esse conhecimento e comercializá-lo através de conteúdos online.

Seja qual for o seu perfil pessoal, área de atuação ou escolaridade, é possível trabalhar como um afiliado digital e ganhar uma renda extra – muitas pessoas já atuam como autônomas ou freelancers e possuem uma renda fixa com esse trabalho. Isso acontece pois a variedade de produtos digitais é bem ampla, ou seja, é bem provável que você encontre produtos que combinem com o seu estilo e que sejam adequados para promover para a sua audiência. Existem infoprodutos sobre negócios, culinária, cursos técnicos, artesanato e por aí vai. Graças à diversidade de temas e ao crescimento constante da demanda de pessoas que compram esses materiais, é que a profissão de afiliado digital está ganhando espaço.

O que é um programa de afiliados?

O programa de afiliados é o responsável pela conexão entre o produtor digital e o afiliado. Nada mais é do que uma plataforma online que disponibiliza os produtos digitais (alguns programas trabalham com produtos físicos também), entrega as comissões e proporciona funcionalidades para que produtores e afiliados possam alavancar as vendas.

Cada programa possui um mecanismo próprio e ferramentas que vão ajudar na comunicação e na divulgação, mas a lógica é basicamente a mesma em todos. O afiliado recebe um link de divulgação para que seja possível promover o produto. Esse link é codificado para que seja possível identificar quando a conversão for concluída e, assim, oficializar a comissão.

É por isso que os programas de afiliados são um caminho mais seguro e organizado, tanto para produtores como afiliados digitais.

Alguns programas de afiliados para ficar de olho:

  1. Hotmart – plataforma pioneira no Brasil e que só trabalha com produtos digitais
  2. Eduzz – trabalha com produtos digitais e físicos
  3. Monetizze – trabalha com produtos digitais e físicos
  4. Braip – somente produtos físicos
  5. afiliados.com.br – Americanas, Submarino e Shoptime usam essa plataforma
  6. Lomadee – funcionamento similar ao do afiliados.com.br
  7. Amazon – ideal para quem ama livros
  8. Magazine Você – produtos físicos
  9. Google AdSense – sistema de parcerias e anúncios do Google
  10. Uol Afiliados – semelhante ao Google AdSense
  11. Awin – Azul, Boticário e Natura fazem parte da rede de anunciantes

Quem pode ser um afiliado digital?

Na teoria, qualquer pessoa pode trabalhar como afiliado digital. A maioria das plataformas apenas exige que o afiliado seja maior de idade. Por isso essa profissão pode ser uma grande oportunidade para as pessoas que querem empreender ou ganhar uma renda extra.

Ainda que não seja preciso um investimento inicial, uma vez que os programas de afiliados costumam ser gratuitos, os resultados dependem do trabalho do próprio afiliado. Isso demanda certo estudo para entender a dinâmica da internet e das vendas online, para escolher qual plataforma vai se cadastrar, quais produtos vai vender e quais formas de divulgação vai utilizar.

A boa notícia é que muitos programas de afiliados, como a Hotmart, disponibilizam muito conteúdo gratuito sobre os primeiros passos e sobre a própria plataforma.

afiliado digital

Quais os benefícios de ser um afiliado digital?

O mercado de afiliados digitais está crescendo no Brasil, ou seja, ainda há muito espaço para pessoas criativas, focadas e com vontade de empreender! Confira algumas vantagens dessa profissão:

– Você tem a chance de ser o seu próprio chefe

É claro que você precisa definir suas próprias estratégias e o tempo que dedicará para essa atividade. Lembre-se que o que você vai ganhar como afiliado digital é diretamente proporcional ao seu esforço. No entanto, é fato que você fica responsável pelo próprio desempenho e não deve satisfações para ninguém. Seus horários ficam mais flexíveis e você também tem a oportunidade de trabalhar em casa ou em outro espaço que ache interessante, como no seu café preferido ou em um coworking.

– Não é preciso fazer um grande investimento inicial

Para ser um afiliado digital você não precisa fazer nenhum investimento, uma vez que o cadastro nos programas é normalmente gratuito. Você poderá ter alguns custos iniciais, caso queira trabalhar fora de casa, criar o próprio site e fazer anúncios, por exemplo. Ainda assim é possível aproveitar ferramentas gratuitas e apostar no alcance orgânico. Aos poucos você vai avaliando o que vale a pena e o que está em seu alcance financeiro.

– Você pode trabalhar com os temas que tiver mais afinidade

Como a variedade de produtos digitais e físicos é bem ampla, você tem a oportunidade de escolher quais produtos quer divulgar. Isso pode ser bem vantajoso, não só por deixar você mais confortável com o assunto, mas para otimizar tempo. Você não vai precisar estudar a fundo sobre o produto e certamente terá mais facilidade para pensar em estratégias e conteúdos que ajudem na divulgação e nas vendas.

– Você não precisa lidar com a parte burocrática das vendas

Ao se cadastrar em um programa de afiliados, você não precisa participar da finalização da venda. Cada programa possui suas características, mas de modo geral, a comunicação com o consumidor, como o atendimento e a entrega do material, é de responsabilidade do produtor digital. Já o fechamento da venda e do pagamento da comissão é de responsabilidade da plataforma. Ou seja, você fica apenas responsável em promover o seu link de divulgação!

– O pagamento é garantido

Ao fazer parte de um programa de afiliados, é importante lembrar que os pagamentos são gerenciados pela plataforma. Isso significa que as comissões são computadas automaticamente após as vendas, eliminando o risco do produtor não realizar o pagamento da comissão. Esse detalhe é bem importante e pode variar de programa para programa, por isso, tenha atenção antes de escolher em qual você vai se cadastrar.

Como ser um afiliado digital?

Agora que você já sabe mais sobre o mercado, pode avaliar os primeiros passos e requisitos para se tornar um afiliado digital!

  1. Tenha um e-mail válido
  2. Tenha um documento de identidade
  3. Escolha com qual programa de afiliados você quer trabalhar 
  4. Escolha os produtos digitais que quer divulgar e solicite a afiliação
  5. Defina seus canais de divulgação
  6. Considere fazer publicidade para promover seu link
  7. Acompanhe de perto os resultados das suas ações e estratégias
  8. Fique atualizado com os produtos digitais novos do seu segmento para diversificar a sua oferta
  9. Estude todas as características do produto que deseja promover
  10. Estude estratégias de marketing digital que possam ajudar na divulgação
  11. Conte com o suporte de um profissional de contabilidade para que seja feito o enquadramento tributário adequado

Enquadramento tributário?

Você não precisa se assustar com isso, mas é importante ter o assunto em mente. Você pode ser um afiliado digital sem ter uma empresa formalizada e receber seus comissionamentos como Pessoa Física – você pode fazer isso com o seu CPF.

Se você vai começar agora e não tem ideia de quanto vai faturar, pode ser mais interessante continuar como Pessoa Física mesmo. No entanto, se você perceber que está começando a vender em grande escala e vai ultrapassar o limite de saque para Pessoa Física dentro do programa de afiliados, ou já chegou nesse patamar, é recomendável se regularizar e fazer um CNPJ.

Como citado anteriormente, é recomendado contar com ajuda profissional e, se possível, especializada em contabilidade para produtores e afiliados digitais. Como nós da Soluzzi Contadores!

Nós podemos orientar você em todo o processo de abertura de Pessoa Jurídica, determinando o melhor código para definição da sua atividade e deixando o seu empreendimento em conformidade com a legislação. Queremos ajudar você a pagar o mínimo de impostos possível, dentro da lei e em conformidade com as exigências das plataformas digitais. Tudo para deixar a sua contabilidade digital em dia e para que você não tenha risco de ser penalizado.

Você pode falar com um de nossos especialistas para tirar todas as suas dúvidas e saber mais sobre o nosso trabalho:

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Não fique de fora da nossa Newsletter

Cadastre-se e receba semanalmente os conteúdos que preparamos especialmente para você

Recomendado só para você!
Atire a primeira pedra quem nunca baixou um e-book ou…
Open chat
Powered by