Produto digital: como criar do zero e o que é preciso para comercializar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Atire a primeira pedra quem nunca baixou um e-book ou um guia gratuito na internet! Ou até mesmo foi além e acabou comprando um material digital. Não é um cenário impossível, né? Diariamente somos bombardeados com conteúdos assim que acabam nos ajudando em dificuldades ou ensinando algo completamente novo. Seja qual for a finalidade de um produto digital, ele foi criado para atender uma demanda e, graças à forte tendência das pessoas quererem consumir cada vez mais conteúdos de valor na internet, é bem provável que ele chegue em diversas caixas de e-mail.

Se você quer entrar nessa onda e deixar de ser apenas um consumidor e passar a ser um produtor digital, continue a leitura e anote todas as dicas! Antes disso, vamos começar pelo óbvio…

Você sabe o que é um produtor digital?

Digamos que essa é a profissão do momento e do futuro! Qualquer pessoa que é especialista em determinado assunto e quer compartilhar esse conhecimento com outras pessoas através de conteúdos online pode ser considerada um produtor – ou uma produtora – digital.

Muitos perfis se encaixam nessa profissão: o produtor digital pode ser um autor independente, um profissional especialista ou um blogueiro. Até mesmo corporações podem se envolver na produção de produtos digitais.

O mais interessante é que qualquer pessoa pode se tornar um produtor digital. Basta ter conhecimento sobre o que deseja propagar e tempo para organizar a produção de todo o material e cuidar da divulgação e das vendas.

A variedade de temas de interesse ajuda, e muito, para que cada vez mais novos produtores digitais ganhem espaço no mercado. Alguns assuntos já estão mais “batidos”, como gastronomia, mas não é motivo para desistir. Certamente o seu conhecimento pode ser único e especial de alguma maneira!

Como criar um produto digital para vender?

Agora que você já teve a chance de se identificar com a profissão, confira 10 dicas de como criar um produto digital do zero e o que é preciso fazer para seguir com a comercialização.

1. Escolha um tema que você goste de falar ou que tenha muita experiência

Antes de tirar a ideia do seu produto digital do papel, é importante definir o nicho que você quer atuar e quais temas você domina. Para quem está começando do zero, o mais indicado é que você conheça muito bem o assunto, assim poderá entregar algo realmente relevante para os seus clientes.

Esse primeiro passo é bem importante para dar continuidade não só na produção do seu primeiro produto digital, como dos próximos também. Com o tempo você pode se tornar referência no assunto e oferecer mais de um material.

Alguns segmentos de mercado para ficar de olho:

  • saúde e bem-estar
  • empreendedorismo
  • marketing digital
  • casamento
  • idiomas
  • economia
  • política
  • tecnologia
  • moda e artesanato
  • desenvolvimento pessoal

2. Defina o formato do seu produto digital

Essa etapa também é importante. Você precisa ter em mente que existem diversos formatos de produto digital. O que mais estamos acostumados a ver são os guias e e-books, mas é possível entregar o seu conhecimento em outros formatos. Os mais usados atualmente são:

  • guias e e-books (livros digitais)
  • infográficos
  • cursos em formato de vídeo
  • estudos de caso
  • podcasts
  • templates
  • manuais

Essa escolha é bem particular e depende também dos seus recursos, mas nada impede que você disponibilize o mesmo produto digital em mais de um formato. eBooks em versão texto, áudio e vídeo são bem comuns. O seu público alvo também interfere nessa escolha – procure descobrir o que o seu cliente ideal prefere.

3. Analise a concorrência

Agora que você já sabe qual será o seu primeiro tema e o formato, está liberado dar uma espiada na concorrência. Veja o que outras pessoas estão falando sobre o assunto que você quer compartilhar também e de que maneira está sendo feita a divulgação. Assim você terá uma percepção melhor do mercado. Mas nada de plágio, certo?

4. Saiba quem é o seu público alvo

Entenda quem você quer atingir com o seu produto digital. Quanto mais você souber, mais você estará preparado para acertar não só na escolha do formato, como em outras estratégias de divulgação e vendas. Para ajudar, você pode definir a persona do seu produto digital. Imagine quem é o seu cliente ideal e faça tudo pensando nele 🙂

5. Escolha o canal de venda

O seu produto digital está prontinho. E agora? Bom, da criação do seu produto até a primeira venda, várias etapas precisam ser vencidas. No entanto, um dos passos decisivos é saber em qual canal você vai veicular e vender o seu produto. É super importante que seja uma plataforma segura e completa para que você possa se destacar no mercado.

Você pode ter um site próprio, bem como a sua própria página de vendas, mas para quem está começando do zero, as plataformas específicas de produtos digitais, como Hotmart, Eduzz e Monetizze, são ideais para validar o produto.

6. Tenha conhecimentos de marketing e vendas

Para que você possa alavancar as vendas e fortalecer a autoridade do seu produto digital, é importante colocar em prática estratégias de marketing e vendas online. Procure se manter informado e atualizado sobre esses temas, pelo menos com o básico. Lembre-se que o seu produto digital não vai se vender sozinho.

Alguns tópicos para ficar de olho:

  • e-mail marketing
  • blog
  • redes sociais
  • anúncios

7. Aprenda como precificar o seu produto digital

Outra etapa que depende muito do seu processo de produção e do público que você quer atingir. De modo geral, é preciso colocar na balança alguns fatores antes de definir o preço do seu produto digital:

  • gastos gerais com a produção
  • média de preço da concorrência
  • perfil do público
  • projeção de ganhos
  • o que o produto entrega de valor, ou seja, o quão valioso e útil ele é

8. Entenda o papel dos afiliados

Os afiliados digitais são como vendedores que indicam produtos digitais para outras pessoas e, consequentemente, recebem comissões pelas vendas realizadas. Contar com esse suporte pode ser muito vantajoso para escalar as vendas. Nós já escrevemos aqui no blog um artigo sobre esse assunto. Vale a pena conferir para entender como funciona o trabalho de um afiliado digital.

9. Acompanhe os resultados de perto

Você só vai saber se as estratégias que você está colocando em prática estão funcionando e se o seu produto digital tem potencial, se você analisar os resultados. Não adianta ter medo das métricas! Elas são grandes aliadas para que você otimize o que e quando for necessário.

Pensando nisso, nós elaboramos um guia completo e gratuito com as 10 métricas que você deve acompanhar para melhorar os resultados do seu produto digital:

métricas produto digital

10. Fique com a tributação em dia

Nós sabemos que esse assunto não é nada agradável. Muitos empreendedores que estão começando a desbravar esse caminho ficam apavorados e inseguros com em relação aos impostos e abertura de empresa. Como a profissão de produtor digital é relativamente nova, é normal que muitas dúvidas apareçam.

A melhor maneira de ficar com os impostos em dia e fazer a tributação correta do seu produto digital, é contar com o suporte de uma contabilidade digital especializada nesse segmento. Com esse suporte profissional você vai se sentir muito mais seguro para comercializar o seu produto digital e para ficar em dia com a legislação.

Tenha em mente que nesse começo você já tem muitas coisas com que se preocupar. Contabilidade é uma tarefa que exige atenção e conhecimento, por isso, evite fazer esse trabalho sozinho se essa não for a sua especialidade.

Soluzzi: contabilidade para o seu produto digital

Contar com ajuda profissional e, se possível, especializada em contabilidade para produtores digitais, é uma ótima saída para garantir que tudo fique em ordem com a comercialização do seu produto digital e com o seu enquadramento tributário. Você não quer correr o risco de pagar mais impostos do que deveria, né?

Nós da Soluzzi Contadores podemos orientar você em todo o processo de abertura de Pessoa Jurídica, determinando o melhor código para definição da sua atividade e deixando o seu empreendimento em conformidade com a legislação. Queremos ajudar você a pagar o mínimo de impostos possível, dentro da lei e em conformidade com as exigências das principais plataformas digitais. Tudo para deixar a sua contabilidade digital em dia e para que você não tenha risco de ser penalizado.

Fale com um de nossos especialistas para tirar todas as suas dúvidas e saber mais sobre o nosso trabalho:

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Não fique de fora da nossa Newsletter

Cadastre-se e receba semanalmente os conteúdos que preparamos especialmente para você

Recomendado só para você!
Nunca foi tão fácil e prático fazer compras. Além da…
Open chat
Powered by