CNAE: você JAMAIS conseguirá abrir a sua empresa sem ele!

Tempo de leitura: 14 minutos

Em algum momento, seja ao decidir empreender ou ao emitir uma nota fiscal, por exemplo, você se deparou com a sigla CNAE e não entendeu muito bem do que se tratava?

Saiba que, hoje, esse assunto imprescindível para o seu negócio será compreendido de uma vez por todas!

Afinal, a escolha do CNAE é capaz até mesmo de definir o regime tributário que você deverá implementar no seu empreendimento.

Entretanto, não caia no erro de achar que você poderá escolher qualquer CNAE.

E devo chamar a sua atenção para isso, pois essa escolha pode gerar sérios problemas para você, junto ao Fisco.

E cá entre nós: já basta a dura jornada empreendedora que você precisa vivenciar com toda angústia, dor de cabeça e stress decorrente da burocracia brasileira, certo?

Por isso, hoje, além de compartilhar contigo os principais pontos sobre esse assunto, ao final, vou lhe apresentar a melhor forma de escolher o seu CNAE ou consultá-lo. Logo, um jeito simples, rápido e prático.

Dito isso, atente-se aos tópicos que a Soluzzi selecionou a dedo para você a seguir:

  • CNAE: o que é?
  • CNAE Incorreta: o que ocorrerá com o meu negócio?
  • Descubra o significado dos números que compõem a CNAE
  • O passo a passo para descobrir o seu CNAE
  • Conheça a Soluzzi!

CNAE: o que é?

O CNAE é uma sigla para “Classificação Nacional de Atividades Econômicas’‘. Tal classificação é indispensável para todo e qualquer negócio. É através dela que o Fisco reconhecerá a atividade de um empreendimento. Uma empresa pode ter mais de um CNAE, mas o principal é aquele que representa a maior receita.

Para ficar mais claro: seja um órgão público, uma ONG, comércio ou negócio digital, todos necessitam da CNAE.

Seu empreendimento poderá desenvolver mais de uma atividade como mencionei anteriormente. Entretanto, a classificação ocorrerá através de dois tipos de CNAE:

  • CNAE Principal: se refere a atividade principal do negócio, aquela que promove a maior receita.
  • CNAE Secundário: se refere às atividades secundárias do negócio. Ou seja, aquelas que correspondem ao restante da receita.

Para facilitar ainda mais a explicação, veja um exemplo logo abaixo:

Imagine que você possui um e-commerce. Para esse tipo de negócio, ainda não há um CNAE específico.

Sendo assim, saiba que essa classificação ainda é tratada como a de um comércio tradicional, ou seja, físico. Logo, você deve avaliar qual o principal produto a ser vendido pelo seu negócio digital.

Se você vende roupas e o seu principal faturamento vem daí, o seu negócio deverá ter um CNAE Principal que representa essa atividade.

Porém, se além das roupas você também vender perfumes, mas em uma quantidade inferior, deverá ter um CNAE secundário que representa esse tipo de atividade desenvolvida pelo seu empreendimento também.

De um modo geral, é dessa forma que você deverá proceder frente à classificação das suas atividades econômicas.

Veja um vídeo que preparamos exclusivamente para que você possa compreender melhor esse assunto:

CNAE Incorreta: o que ocorrerá com o meu negócio?

Você já sabe qual é a importância do CNAE para o seu negócio digital.

Entretanto, saber o que pode acontecer caso um negócio opte por um CNAE incorreto será necessário também.

Afinal, isso trará ainda mais segurança para o seu empreendimento.

E você já sabe que o CNAE da empresa afeta diretamente no pagamento dos seus tributos, certo?

Já disse que o CNAE afeta na escolha do regime tributário.

Por isso, descubra o que pode acontecer, se o seu negócio adotar uma classificação indevida:

cnae

Irregularidade

O CNAE é indispensável para a abertura de uma empresa.

E isso ocorre porque, como já foi dito anteriormente, identifica a atividade econômica do seu negócio.

Assim, essa classificação é necessária para a obtenção do seu NIRE e, consequentemente, contrato social, CNPJ, das suas licenças e alvarás (se precisar).

Devo frisar isso para que fique bem claro para você o quanto é importante selecionar o seu CNAE devidamente.

Até porque, se você optar por um CNAE indevido para reduzir o pagamento dos tributos da sua empresa, comprará uma briga seríssima com o Fisco. Afinal, isso é uma prática ilegal.

Portanto, saiba que um CNAE indevido configura uma empresa irregular.

Logo, não perca tempo: busque a orientação de um time de profissionais contábeis para lhe ajudar com isso!

Tributos Indevidos

Aqui, reitero: um profissional contábil irá avaliar estrategicamente a CNAE devida para o seu negócio e assim mantê-lo regular.

Além disso, isso permitirá que você não pague tributos a mais e evite gastar mais do que o necessário.

Saiba também que as cobranças sindicais estão associadas ao CNAE da empresa. Ou seja, ao optar pelo CNAE indevido aumentará o seu gasto com tributos como esse também.

Descubra o significado dos números que compõem a CNAE

Os números do código referente ao CNAE da empresa possuem um significado.

Saiba que o CNAE que representa o seu negócio não será um número aleatório.

Por isso, antes de lhe apresentar o passo a passo para classificar as suas atividades, quero compartilhar contigo qual o significado dos números que compõem a estrutura de um código CNAE.

Para isso, seguirei o exemplo do comércio varejista de roupas, inspirado no comentário feito anteriormente sobre o e-commerce.

Portanto, imagine que, ao analisar a sua atividade principal, aquela que corresponde ao maior rendimento, a mesma terá o seguinte código: 4781-4/00.

Dessa forma, ao  pesquisar pelo o código principal da seção “G” (4781-4/00), de forma hierárquica, as partes da sua numeração trarão o seguinte significado:

  • Divisão: “47” representa o “campo da atividade”;
  • Grupo: “47.8” corresponde a “Comércio varejista de produtos novos não especificados anteriormente e de produtos usados”;
  • Classe: “47.81-4” corresponde a “Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios”;
  • Subclasse: “4781-4/00” se refere aos “Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios”. Aqui há uma repetição, pois não há mais subclasse.

Você verá a demonstração mais detalhada no próximo tópico. Atente-se!

O passo a passo para descobrir o seu CNAE

Se você não sabia como definir ou consultar o seu CNAE através do sistema, prepare-se, pois agora você verá isso na prática. 

De antemão, saiba que não há nenhum bicho de sete cabeças nisso. É necessário apenas que você mantenha sua atenção em cada passo que irei compartilhar contigo.

Veja a seguir:

1°Passo: acesse o site do IBGE

Esse passo se refere basicamente ao acesso à Comissão nacional de classificação (Concla) através do site do IBGE.

Portanto, acesse o site para visualizar a página da imagem logo abaixo:

cnae

2° Passo: acesse a aba “Pesquisas”

São duas as formas de realizar a pesquisa. Descubra quais são a seguir:

  • Atividades: no campo “busca por palavra-chave ou código”, coloque o nome da atividade desenvolvida pelo seu negócio;
  • Estruturas: nesse campo, você descobrirá qual o código da sua CNAE através das seções da sua estrutura.

Veja como ficará em cada uma das opções:

Atividades

Estruturas

Aqui vale ressaltar que a CNAE possui 21 sessões, que são representadas por letras. Basta olhar a letra presente na sessão destacada em azul (observe a figura acima).

Observação: para que você possa aprender ainda mais, vou utilizar o campo “Estrutura,” pois, assim, poderá compreender a hierarquia presente nos números do código CNAE.

3° Passo: selecione a “Divisão”

Após selecionar a seção “G”, onde está presente a sua atividade, dê segmento para escolher o código devido.

Logo, no campo “Divisão,” observe o seguinte:

4° Selecione o “Grupo”

Selecione o “Grupo” para poder, em seguida, acessar a “Classe”.

5° Passo: escolha a Classe

cnae o que é

6° Passo: escolha a Subclasse

Interessante, né?

Agora você pode avaliar a CNAE que escolherá para o seu negócio digital ou consultá-la caso deseje.

Porém, devo frisar que, mesmo assim, o suporte de um time de contadores, que atua dentro da legalidade, poderá avaliar formas de reduzir tributos através da escolha do seu CNAE. Por isso, consulte um profissional antes de tomar uma decisão.

Digo isso, pois uma ação equivocada poderá custar uma parte considerável do seu empreendimento ou te fazer até fechar as portas do negócio.

Conheça a Soluzzi!

Descobrir o CNAE do seu negócio digital pode parecer um tanto desafiador, mas saiba que isso dependerá das escolhas que você fizer ao longo da sua jornada empreendedora.

Além disso, há algumas propostas de “atalhos” no mercado que, ao longo do tempo, demonstram ser completamente equivocadas para qualquer negócio — um verdadeiro “tiro no pé”.

Costuma ser assim: o que perdura no tempo é aquilo que tem consistência. E, para isso, é necessário inteligência no processo de tomada de decisão — estratégia.

A melhor forma de tomar decisões inteligentes e focar na atividade principal do seu negócio, aquela que gerará uma receita considerável para o mesmo, é através de parceiros que possuem uma visão empreendedora alinhada à sua.

Só assim, você desfrutará da segurança, tranquilidade e paz de espírito tão desejadas.

Aqui devo frisar que, além de tudo que já foi mencionado a respeito de parceiros de negócios ideais, você deve prezar pela simplicidade, agilidade e seriedade, pois serão indispensáveis para aproveitar as oportunidades que surgirem para o seu empreendimento.

Saiba que uma contabilidade digital é capaz de fazer tudo isso e muito mais pelo seu negócio.

Portanto, para saber mais sobre essas vantagens e não perder a chance de fazer o seu empreendimento se consolidar sem gastar tanto tempo, entre em contato conosco!

Ficaremos felizes em poder lhe ajudar!

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Nossos endereços

Matriz:
R. Jose Gonçalves de Moraes, 153
João Berbel III – Cravinhos/SP
Cep: 14140-000
CRC: 2SP041251/O-0

Filial:
R. José Leal, 549
Alto da Boa Vista – Ribeirão Preto/SP
Cep: 14025-260
CRC: 2SP043269/O-4

Não deixe seu negócio sem uma CONTABILIDADE ESPECIALIZADA

Solicite uma proposta agora!