Como abrir uma empresa de coprodução: este detalhe fará toda diferença

Tempo de leitura: 12 minutos

Se você está se perguntando “como abrir uma empresa de coprodução?”, saiba que hoje, além de descobrir a resposta para a sua pergunta, vai ter acesso a uma forma de resolver isso rapidamente.

Porém, para lhe apresentar essa solução, preciso que mantenha a sua atenção nas informações que vou compartilhar contigo neste artigo, — do começo ao fim.

Combinado?!

O mercado digital é amplo. Nele, há inúmeras oportunidades.

Além disso, é muito comum associar a figura do empreendedor a do indivíduo que vive em exposição, — em constante evidência na empresa.

Entretanto, no digital, uma figura que vem ganhando muito destaque é a do coprodutor.

Esse é o típico profissional que possui forte atuação nos bastidores.

É o tipo de empreendedor que possui muita competência em uma determinada área e que atua em parceria com um expert (especialista).

O expert costuma ser muito conhecido no mercado digital, mas, às vezes, pode ser que ele atue apenas no tradicional.

Se você for atuar como co-produtor, precisa ter muita cautela e agir com muita estratégia nessa parceria.

Entretanto, nada disso vai adiantar se você, antes de tudo, não descobrir como abrir uma empresa de coprodução.

Por isso, se deseja aproveitar as inúmeras oportunidades oferecidas pelo digital e descobrir como abrir o seu negócio de coprodução, confira os principais assuntos que a Soluzzi preparou para você logo abaixo:

  • O que é coprodução?
  • Como abrir uma empresa de coprodução: por que não PF?
  • Descubra a melhor Natureza Jurídica para o seu negócio
  • Como abrir uma empresa de coprodução: principais ações para a abertura
  • Conheça a Soluzzi!

O que é coprodução?

Para descobrir como abrir uma empresa de coprodução, compreender o conceito desse tema, inicialmente, é importante. Assim, a coprodução é um serviço atribuído ao mercado digital, onde um empreendedor co-participa, ao usar da sua competência (gestão de tráfego, copywriting, etc) com o expert (especialista) na promoção de um produto.

Ou seja, isso se resume basicamente à parceria entre empreendedores, sendo que, um lado possui autoridade sobre o produto a ser lançado e o outro a competência para realizar o lançamento e colaborar na geração de receita.

Observação: o profissional da coprodução pode ter uma competência específica (gestor de tráfego, copywriting, social media, etc) ou até mesmo uma agência de lançamentos.

Em termos práticos, a formalização dessa parceria ocorre quando o produtor realiza o cadastro do parceiro de produção em uma plataforma digital (Hotmart, Monetizze ou Eduzz, etc) e define o percentual que esse vai receber ao realizar as vendas do produto.

É importante deixar claro que o afiliado e co-produtor não possuem o mesmo objetivo.

O primeiro caso, como o próprio nome sugere, é um empreendedor que, através de um processo de afiliação, vende o produto que foi disponibilizado em uma plataforma digital, por exemplo.

O segundo participa ativamente do processo de gerenciamento de lançamento, seja através da análise do tráfego ou pela agência de lançamento; mas também pode atuar como afiliado.

Vale ressaltar que a parceria entre o primeiro e o segundo pode ocorrer de forma indeterminada. Entretanto, um prazo pode ser estabelecido.

Esses pontos são indispensáveis no processo de aprendizado sobre como abrir uma empresa de coprodução.

Como abrir uma empresa de coprodução: por que não PF?

como abrir uma empresa de coprodução

Se neste processo de descoberta do “como abrir uma empresa de coprodução” você chegou a se perguntar se é possível atuar como pessoa física (PF), saiba que essa dúvida é extremamente importante.

Ela é muito comum entre aqueles que desejam conquistar autonomia, flexibilidade e paz de espírito.

E, quando se trata do mercado digital, esse tipo de questionamento se torna ainda mais compreensível.

Afinal, o mercado digital oferece inúmeras oportunidades para aqueles que desejam atuar nele.

Entretanto, saiba que a resposta para a pergunta acima é: NÃO!

Atuar como PF, enquanto coprodutor, não é possível.

E isso faz todo sentido, após o gasto decorrente da tributação sobre os lucros dessa atividade ser analisado.

Por isso, saiba que, ao abrir uma empresa, ao conquistar o seu CNPJ, você vai ser capaz de reduzir a sua carga tributária. Ou seja, pagar menos tributos.

Isso sem falar que, quando você abrir o seu empreendimento — através de uma contabilidade especializada no mercado digital — você vai ser capaz de aproveitar outras vantagens.

Em um país que sofre com a intensa burocracia; em um país onde o empreendedor precisa matar não apenas um, mas alguns leões por dia para poder realizar o sonho de consolidar o próprio negócio; em um país onde o Estado quase sempre joga contra, atuar de forma estratégica não é uma opção.

Portanto, busque um serviço contábil que compreenda, de fato, os seus objetivos e também o mercado que deseja atuar!

Só assim, você vai conseguir consolidar o seu empreendimento.

Descubra a melhor Natureza Jurídica para o seu negócio

No processo de definição do como abrir uma empresa de coprodução, descobrir qual a melhor natureza jurídica para o seu negócio é indispensável.

Você precisa ter muita atenção a este ponto, pois a natureza jurídica é basicamente a configuração do seu negócio.

No seu caso, que trata da coprodução, os tipos jurídicos mais indicados são os seguintes:

Microempreendedor Individual (MEI)

O MEI costuma ser a primeira opção de muitos empreendedores.

Entretanto, não é a opção indicada para quem deseja atuar no marketing digital.

E isso ocorre por dois grandes motivos:

  • Faturamento: ao optar pelo marketing digital com o suporte contábil devido, possivelmente o seu empreendimento vai ultrapassar o limite pré-estabelecido pelo MEI. Logo, essa opção não costuma ser indicada;
  • Impedimento legal: a depender do tipo de atividade que você vai desenvolver no marketing digital, o MEI não vai poder ser uma opção. Afinal, para realizar a atividade, ela deve constar na lista permitida pelo MEI.

Sociedade Limitada (LTDA)

Costuma ser muito recomendado para quem deseja atuar no marketing digital.

Entretanto, nesse tipo jurídico, você deve ter no mínimo um sócio.

Além disso, vale ressaltar que, ao optar pelo LTDA, você e o seu sócio vão responder de forma limitada pelo capital da empresa.

Logo, o capital próprio (relativo ao CPF) não se mistura com o do negócio (relativo ao CNPJ).

Nesse tipo jurídico, você não precisa de um valor mínimo de capital para iniciar o empreendimento.

Sociedade Limitada Unipessoal (SLU)

Ao optar por esse tipo de natureza jurídica, saiba que ela vai ser formada por um sócio só, nesse caso, — você.

Dito isso, é preservada toda configuração da sociedade limitada, mas sem a necessidade de um sócio.

Logo, a sua responsabilidade frente ao capital da empresa é limitada e você não precisa de um limite de capital para começar o seu empreendimento.

Observação: tanto na LTDA quanto na SLU, não existem atividades específicas que fiquem restritas a esses tipos de natureza jurídica.

Como abrir uma empresa de coprodução: principais ações para a abertura

Se você deseja descobrir como abrir uma empresa de coprodução, saiba que vou compartilhar os principais pontos contigo para lhe ajudar nesse processo.

Descubra o passo a passo logo abaixo:

  1. Separe os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência, certidão de casamento (caso você tenha casado), IPTU da empresa;
  2. Em seguida, obtenha um certificado digital de pessoa física (e-CPF) e também de pessoa jurídica (e-CNPJ);
  3. Realize um contrato social ou faça o preenchimento do requerimento de empresário;
  4. Envie toda a documentação gerada para um escritório de contabilidade especializado em negócio digitais;
  5. Aguarde o registro do CNPJ na Junta Comercial e a emissão dos seguintes documentos: CNPJ, Inscrição Municipal e Alvará de Funcionamento;
  6. Solicite ao escritório de contabilidade a abertura da sua empresa através de um endereço fiscal. Isso vai gerar ainda mais segurança para você.

Siga esse passo-a-passo para que você possa descobrir como abrir uma empresa de coprodução do jeito certo!

Ao segui-lo, você será capaz de ganhar agilidade no processo de abertura.

Porém, se você deseja torná-lo ainda mais rápido, saiba que há uma forma segura e prática de realizar o seu desejo.

Você sabe o que uma contabilidade digital pode fazer pelo seu negócio?

Confira o vídeo que a Soluzzi preparou exclusivamente para você. Assim, vai compreender um pouco mais sobre o que quero dizer. Veja:

Conheça a Soluzzi!

como abrir uma empresa de coprodução

O processo do “como abrir uma empresa de coproduçãonunca foi tão fácil.

Afinal, através da Soluzzi, contabilidade especializada em negócios digitais, você é capaz de abrir o seu empreendimento e traçar estratégias para consolidá-lo de forma segura, rápida e prática.

A contabilidade é a linguagem do mundo dos negócios. 

Após abraçar a tecnologia a contabilidade se tornou uma ferramenta ainda mais poderosa para quem empreende.

Por isso, o empreendedor que tiver acesso às informações geradas por essa inovação, que souber compreendê-la e tiver um suporte de uma equipe expert nesse assunto, vai sair na frente da concorrência, ficar a anos-luz dela.

Se você deseja abrir a sua empresa de coprodução, conquistar autonomia, flexibilidade e paz de espírito ao consolidar o seu negócio digital contábil, não perca tempo, clique no botão abaixo agora mesmo!

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Nossos endereços

Matriz:
R. Jose Gonçalves de Moraes, 153
João Berbel III – Cravinhos/SP
Cep: 14140-000
CRC: 2SP041251/O-0

Filial:
R. José Leal, 549
Alto da Boa Vista – Ribeirão Preto/SP
Cep: 14025-260
CRC: 2SP043269/O-4

Não deixe seu negócio sem uma CONTABILIDADE ESPECIALIZADA

Solicite uma proposta agora!